Um caminho alternativo

As mídias alternativas são uma das ferramentas possíveis para a comunicação das marcas, que exigem dos publicitários criatividade e muito planejamento. É uma forma de instigar a curiosidade e a imaginação dos consumidores, que interagem com a marca de forma natural e ao acaso, divertindo-se com a situação. As vantagens estão no fato de ser uma mensagem eficaz, de fácil memorização e viralização (ou seja, dá vontade de contar para todo mundo).

A dica é utilizar meios diferentes para exposição do material, nos quais normalmente não se vê publicidade, mas o principal é que ele precisa adequar-se aos objetivos da comunicação, interagir com o que o produto ou serviço se propõe, brincando com as associações de sentido. Com os exemplos fica mais fácil entender a ideia:

escada31

Já pensou se você se deparasse com uma montanha-russa em meio a uma visita ao shopping, na escada rolante? Com a assinatura da marca de forma bem visível, é fácil transmitir aos consumidores a mensagem, afinal eles logo, logo vão associar o parque à diversão, adrenalina e descontração. Para os profissionais da publicidade o primordial é integrar os trabalhos da criação e mídia, que juntos vão poder planejar materiais tão apropriados quanto nesse exemplo.

slide-1011

E um elevador? Esse foi utilizado para divulgar uma exposição de biologia, que aborda o interior do corpo humano. Assim fica fácil entender e gravar a mensagem transmitida. No entanto, é importante ressaltar que as mídias alternativas, quando amparadas pela veiculação nos meios tradicionais, se tornam muito mais eficientes e claras, atingindo um número maior de pessoas, que não presenciaram a execução real da ação.

2962048525_3a5ea7dd6f

No Brasil um exemplo bem legal é da marca Clean & Clear, que precisava divulgar a nova linha de produtos Morning Energy. A solução encontrada foi a seguinte: cinco jovens foram colocados em cima de camas, em lugares distintos da cidade de São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro e Porto Alegre. A ideia era de que ao chegar na escola, ainda estariam com cara de sono. A cama trazia as frases: “Não leve a cara de sono com você. Acorde sua pele e desperte sua beleza com o Clean & Clear Morning Energy”, juntamente com o site.

Louis-Vuitton-Moscou-Russia-mala-exposicao

E lembra que no início desse post falamos sobre planejamento? Pois é, sem ele pode dar tudo errado. Como muitas das mídias alternativas (a maioria delas) é feita em espaço público ou privado, todas as autorizações necessárias precisam ser solicitadas antes da execução da ação. Recentemente, por exemplo, a marca Louis Vuitton foi obrigada a retirar uma mala de viagem marrom em proporções gigantes da Praça Vermelha em Moscou. Ela não agradou a população e nem as autoridades do país, que segundo a marca, autorizaram previamente a instalação. Ela era parte de uma mostra temporária denominada “A alma das viagens”.

Nós acreditamos sempre na equação criatividade + planejamento + ações inusitadas = resultados eficientes. Como exemplo, dê uma olhada nesses trabalhos interessantes que fizemos tempos atrás para a Move, Olicenter e Eduarda Maioli.

Você viu por aí uma mídia alternativa que achou bem criativa e quer dividir com a gente? Deixe aqui nos comentários, assim esse post fica ainda mais completo.