Ouvir histórias

Um dos princípios para o desenvolvimento de uma campanha publicitária efetiva é conhecer a história do cliente, afinal é ela que influencia diretamente a percepção do público quanto à marca e ao produto.

A AVON, por exemplo, começou com a venda de livros em 1886. David McConnell vendia os livros de porta em porta até perceber que ao oferecer pequenos frascos de perfumes (fabricados por um colega farmacêutico) como brinde conseguia atrair mais facilmente o público feminino. De uma ação promocional surgiu o novo foco da AVON, em 1939.

90335685926164947

Uma fábrica de celulose chamada Nokia? Estranho? Pois foi assim que a empresa de telecomunicações surgiu em 1865 na Finlândia. Post-it? Fitas adesivas? Nada disso. Quando a 3M começou em 1902 na cidade de Two Harbors, em Minnesota, o seus criadores exploravam minérios para a fabricação de maquinários para indústrias.

Então fica aí a nossa dica para os publicitários: exercitem diariamente a capacidade de ouvir histórias, afinal elas podem gerar ótimas ideias.