jamie lidell

Normalmente eu não me surpreendo com novos conceitos e tendências no universo da música, mas o trabalho de Jamie Lidell me deixou bastante empolgado. Mesmo não me aventurando pelo underground da internet procurando novos artistas e ainda sabendo que existe muita coisa boa feita há alguns anos que mereça atenção, faz tempo que não vejo algo tão original. Além disso, faz o Michael Winslow parecer um amador.

A complexidade e a simplicidade se misturam e mostra que ainda existe muito espaço para a música analógica nesse mundo tão digital.

A quem interessar, no Conector tem mais vídeos.