Dia do livro e a democratização da leitura

Muito legal a iniciativa da Estante Virtual, maior rede de sebos do Brasil. Pra estender um pouco mais a comemoração do dia do livro e para incentivar a democratização da leitura, o pessoal do site promoveu ao longo deste mês uma campanha audaciosa: alcançar a comercialização de três milhões de livros com valor de R$12, até o dia do livro, que é hoje.

Bom dizer que antes do prazo, no dia 20, esse número foi alcançado. Faltavam 40 mil livros para se chegar a esta marca e os 1.600 sebos de todo Brasil cadastrados no site deram a sua contribuição. Livreiros de todo o país toparam o desafio, se mobilizaram e aplicaram descontos – definitivos, sempre – em seus acervos.

Por coincidência, eu comprei meu primeiro livro essa semana através do Estante Virtual. Li no blog da Casa de Cinema de Porto Alegre um post do Gerbase que falava justamente de livros e a dica de se comprar lá. Como há tempos estava procurando A Banheira de Arquimedes, de David Perkins e não tinha jeito de achar em livraria alguma, resolvi testar o sebo Pink e Cérebro (adorei o nome), de São Paulo, que tinha o título por um precinho ótimo. Além disso, gostei do atendimento, bem mais personalizado do que as livrarias formais existentes. Só sei dizer que fiquei muito feliz com minha nova aquisição e também por poder ajudar nesse processo de democratização da leitura.

livro1